Metais não Ferrosos

Metais não Ferrosos

A cal possui importantes aplicações em diferentes etapas dos processos de produção de alguns metais não-ferrosos.

Suas funções vão de ajustes de pH para adequação de efluentes industriais tratados até requisitos ambientais de descarte em cursos d’água.

Inclui-se também à suas funções a recuperação do metal não-ferroso e de insumos essenciais de alto custo na indústria e ainda na eliminação de contaminantes da matéria-prima além do auxílio em etapa de filtração.

Alumina

No Processo Bayer de produção da alumina, a cal possui aplicações nas seguintes etapas:

– É utilizada na etapa de trituração da bauxita (matéria-prima) para facilitar o seu ataque e para precipitar o fósforo, contaminante da alumina.

– Durante a reação de caustificação ou causticização, na etapa de digestão, a cal tem a função de recuperar o hidróxido de sódio através da reação com o carbonato de sódio presente na lama.

– Nos decantadores e espessadores, a cal atua como estabilizante de licor, evitando a precipitação de alumina em etapa do processo não desejada. Consumo de soda virgem (make up) no processo.

– Na etapa de Filtração de Segurança, a cal contribui para a formação de uma camada filtrante denominada “filter aid” que aumenta a eficiência de decantação do licor.

Níquel

Na produção do níquel, a cal é aplicada na neutralização da lama direcionada à barragem de rejeitos de forma a evitar a precipitação de metais pesados e, consequentemente, a contaminação do meio ambiente. Em menor escala, a cal também é aplicada no ajuste do pH da lama ácida derivada do processo de fundição.

Zinco

A cal é utilizada no processo de produção do zinco em duas etapas distintas: neutralização e tratamento de efluentes.

Na neutralização a cal auxilia no ajuste do pH, para a precipitação do flúor que será eliminado. Em seguida, na etapa de filtração.

No tratamento de efluentes, a cal é utilizada para a precipitação do zinco, que é recuperado em etapas subsequentes e na precipitação de metais pesados (cádmio e chumbo, principalmente), de forma a ajustar o efluente a padrões ambientais de descarte.

Nióbio

O Nióbio é obtido a partir da concentração do pirocloro, que passa por etapas de moagem, separação magnética, deslame (para remoção de P), flotação e refino.

Nessa fase o concentrado passa por um sistema de pelotização, seguido de sinterização. O material segue, então, para um forno elétrico, onde se adiciona cal para auxiliar a formação de escória e remoção das impurezas.

O metal obtido passa em seguida por etapas de beneficiamento, de onde se extrai diversos produtos comerciais como: óxido de nióbio e seus derivados.

Posts Relacionados:

Indústria Química

Indústria Química

A Cal possui várias aplicações na indústria química, devido suas propriedades físico-químicas e preço competitivo.
Agricultura

Agricultura

A cal e o calcário são comumente empregados na agricultura, como fertilizantes e corretivos de solo, pois são fontes de cálcio e magnésio que auxiliam no crescimento saudável da plantação.
Engenharia Civil

Engenharia Civil

A Cal virgem é utilizada para reduzir a umidade e melhorar os solos argilosos utilizados como bases e sub-bases. A cal também tem sido frequentemente utilizada na reciclagem de camadas asfálticas.
Tratamento de Esgotos Ind. e Domésticos

Tratamento de Esgotos Ind. e Domésticos

No tratamento de esgotos (industrial ou doméstico), a cal é amplamente usada para vários objetivos.